Tratado de Methuen – 1703

Este tratado comercial, assinado entre Inglaterra e Portugal em 1703 estabelecia a livre entrada dos tecidos ingleses em Portugal e uma redução nas tarifas dos vinhos portugueses que entravam na Inglaterra, colocando-os em vantagem em relação aos concorrentes franceses.

É importante notar neste tratado a natureza das duas produções: os tecidos ingleses eram produzidos num primeiro momento em regime de manufatura e posteriormente industrial, enquanto a produção do vinho era artesanal. Enquanto o tratado impulsionava o avanço da indústria na Inglaterra, assegurava a permanência de Portugal na produção artesanal, gerando a longo prazo uma grande disparidade entre as nações. Além disso o tecido é um produto de maior necessidade em relação ao vinho, o que lhe assegurava mais vendas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s