União Ibérica e Invasões Estrangeiras no Brasil

  • União Ibérica (1580-1640)
    • Com a morte de D. Sebastião, rei de Portugal, têm início uma disputa pelo trono, já que o falecido não deixou herdeiros.
    • Filipe II, rei de Castela, um dos candidatos ao trono, torna-se monarca de Portugal após a batalha de Alcântara.
    • Tratado de Tomar (1581)
      • Assegurava aos portugueses o controle do comércio com as colônias; garantia das posições ocupadas por comerciantes e funcionários públicos portugueses; manutenção das autoridades lusitanas no Brasil;  e respeito das leis e costumes brasileiros. -> Garantia de (relativa) autonomia.
    • Abolição prática do Tratado de Tordesilhas -> Entradas.
    • França e  Holanda eram inimigas da Espanha -> Invasões e interrupções no comércio do açúcar
    • Frente ao enfraquecimento da economia lusitana devido às invasões, restauradores libertam Portugal e instauram a dinastia Bragança.
  • Conselho Ultramarino: órgão criado para combater as dificuldades econômicas das colônias. Centralizou e retirou o poder dos colonos e donatários, extinguindo as capitanias particulares, que passaram a ser administradas por funcionários da coroa
  • Invasões Estrangeiras
    • França Antártica (1555-67)
      • Buscando estabelecer colônia na América, os franceses invadem a região do atual Rio de Janeiro e constróem um forte na baía da Guanabara.
      • A colônia serviria para controlar a extração de pau-brasil e como moradia aos protestantes franceses que sofriam perseguições na Europa.
      • Em 1567 eo franceses são expulsos e Portugal intensifica os esforços colonizadores, para não ter o risco de perder territórios novamente. Além disso também se estabeleceu a divisão do Governo Geral entre Norte (com sede em Salvador) e Sul (com sede no Rio de Janeiro).
    • França Equinocial (1612-15)
      • Durante esta invasão,  na região do atual Maranhão, foi fundada a cidade de São Luís.
      • Devido aos esforços feitos por parte de Portugal e Espanha (unificados na época sob a União Ibérica) os franceses se renderam.
    • Domínio Holandês (1630-54)
      • Cia. das Índias Orientais: órgão criado para a administração do comércio colonial holandês.
      • Cia. das Índias Ocidentais: para garantir controle do açúcar brasileiro e colonizar a área.
      • Maurício de Nassau foi o administrador mais duradouro.
      • Concessão de empréstimo aos fazendeiros locais e cargos políticos, alguns dos quais estavam impedidos anteriormente de assumir.
      • Conquista de rota de escravos de Angola e São Tomé que garantiu o fornecimento de escravos para a região.
      • Reformas urbanísticas e culturais.
      • Liberdade de Credo
    • Insurreição Pernambucana (1645-54)
      • Altos custos das guerras na Europa levaram a Holanda a fazer cobrança dos empréstimos, gerando descontentamento e a saída de Maurício de Nassau.
      • Os colonos começam o levante e depois Portugal manda tropas para assegurar o domínio.
  • Buscando um novo parceiro econômico Portugal se aproxima da Inglaterra

2 pensamentos sobre “União Ibérica e Invasões Estrangeiras no Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s